Oropouche: uma nova ameaça urbana no Brasil?

FemeaDoMarium_FebreDeOropouche_10-11-2010

 

Um vírus que costuma circular entre preguiças e outros bichos da floresta tropical está no topo da lista dos que podem acabar causando problemas sérios de saúde pública, no Brasil. Segundo informações do virologista da USP, Luiz Tadeu, é preciso ficar de olho no oropouche, cujos sintomas lembram os da dengue.

“A semelhança com a dengue provavelmente faz com que a gente não tenha a real dimensão da presença do vírus por aí”, diz o pesquisador.

O oropouche é um arbovírus (vírus transmitido por um mosquito, como o zika e o da febre amarela), que causa febre aguda e, eventualmente, meningite e inflamação do encéfalo e das meninges (meningocefalite).

O vírus oropouche foi identificado pela primeira vez no Brasil na década de 1960, e há registros frequentes da ocorrência de pessoas doentes na região da Amazônia, no Peru e em países do Caribe. Já houve mais de 500 mil casos relatados no país nas últimas décadas de febre do oropouche – como é conhecida a doença causada pelo vírus.

Esse número, contudo, tende a subir, uma vez que o vírus, transmitido pelo mosquito Culicoides paraensis – conhecido popularmente como maruim ou borrachudo -, antes restrito aos pequenos vilarejos da Amazônia, tem-se alastrado e chegado às grandes cidades do país.

“O oropouche é um vírus que tem um grande potencial de emergência, porque o Culicoides paraensis está distribuído por todo o continente americano. O vírus pode sair da região amazônica e do planalto central e chegar às regiões mais povoadas do Brasil,” apontou Luiz Tadeu.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s